• Geral 12/01/18 | 15:18:32
  • Prefeitura autoriza R$ 1,7 milhões em obras para a educação
  • Entrega das ordens de serviços ocorreu nesta semana
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Assessoria de Imprensa
  • Foto: Divulgação

Todas as ordens de serviço foram entregues pela prefeita em exercício, Claudete Nardi Vavassori, acompanhada de secretários municipais e servidores nos locais em que as obras serão executadas, com a participação de representantes das APPs, professores e alunos.

Na Escola Fidélis Fantin, no bairro Cibrazém, a obra de reforma da escola contempla melhorias que eram antigas reivindicações da comunidade, como é o caso dos banheiros, que já não ofereciam condições de uso. Outros setores da estrutura do predio também serão melhoradas, num total de área de 419,27 metros de intervenção de obras, a serem executadas pela empresa P&B de Caçador. O investimento nesta escola é de R$ 358.742,58.

No Cemei Wellesley Gaio, no Caic, acontece a maior obra da área educacional entregue nesta semana. Serão 1.344,11 metros quadrados de obras, que incluem a reforma de todas as salas, troca de piso, pintura, novo acesso pela lateral da rodovia e melhorias na parte elétrica e sanitárias. O investimento total será de R$ 800.023,35, com execução da obra pela empresa Felipe Bruschi Engenharia Ltda.

Já no Cemei Jorge Martins, na Cidade Alta, serão realizadas obras inéditas no setor educacional do município, com a construção de um ginásio anexo ao Cemei, o primeiro do município a receber um espaço exclusivo para recreação e para a prática de esportes. A unidade receberá melhorias e ampliações, com novas aberturas, nova forração em PVC, melhorias internas em todas as salas, com nova pintura e investimentos na rede elétrica e hidráulica. A empresa que executa a obra é a GL Construtora e Incorporadora Ltda, com o valor de investimento de R$ 592.614,26.

De acordo com a prefeita de Videira em exercício, Claudete Vavassori, a entrega da ordem de serviço é um momento de grande satisfação, pois é uma importante etapa de um longo período de planejamento, estudos, projetos e viabilidade financeira para que a obra seja feita.

Ela lembrou do esforço feito pelo prefeito Dorival Borga e de toda a equipe de servidores da prefeitura na efetivação destas obras e pediu a colaboração dos pais, professores e das empreiteiras para resguardar a segurança dos alunos, já que em todos os casos as obras acontecem com o calendário escolar do ano em atividade, com média de entrega dos trabalhos de quatro meses a partir da entrega da ordem de serviço.

comentários