• Geral 16/07/17 | 15:26:31
  • Sistema novo dos bancos promete acabar com golpe do boleto falso
  • São 400 milhões de golpes por ano, segundo Febrabran
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Rádio Videira/Jornal Nacional
  • Foto: Divulgação

Todos os anos, milhões de brasileiros caem nos mais variados tipos de golpes. O do boleto falso é um dos mais frequentes. Mas os bancos adotaram um sistema novo para combater essas fraudes.

A Federação Brasileira de Bancos identifica, por ano, 400 milhões de golpes com boletos falsos. 
O que o fraudador faz é trocar o código de barras e a numeração. O consumidor pode receber um boleto falso pela correspondência ou, se for eletrônico, ele pode ser adulterado por um vírus no momento em que é aberto no computador.

O sistema atual, de pagamento dos boletos, foi criado há 24 anos. E o que ele faz, na verdade, é ler um valor, o número de uma conta e mandar o dinheiro para lá.

É como se fizesse uma transferência bancária. E isso facilita as fraudes. Mas essa semana começou funcionar um novo sistema, que é capaz de checar várias informações e identificar uma fraude antes que o pagamento seja feito.

O sistema eletrônico de compensação só vai aceitar a transação se o boleto tiver sido registrado pelo banco, com o nome e o CNPJ da empresa que vai receber o dinheiro, o valor e a data do pagamento, o nome e o CPF do pagador. Se alguma informação não conferir, o pagamento não é aceito.

Os bancos e o sistema financeiro vão estar atentos às novas tentativas e a variações de fraude em cima desse processo. Mas nesse momento foi eliminado a fraude com a implantação dessa plataforma.

comentários