• Estado 20/04/17 | 11:45:50
  • Celesc intensifica combate a irregularidades e furtos de energia
  • Em 2016, foram feitas 2.689 denúncias em todo o estado
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Rádio Videira/ Acaert
  • Foto: Divulgação

Há mais de 2 mil denúncias de irregularidades e Furtos de energia em todo Estado foram feitas para Celesc em 2016. Apesar de serem considerados crimes, os chamados gatos ainda são comuns.

Segundo dados do Instituto Acende Brasil especializado no setor elétrico, apenas em 2015 as principais distribuidoras do país tiveram prejuízo de R$ 8 bilhões de reais, com os furtos de energia que corresponde a mais de 15 milhões de megabytes hora equivalente a um consumo de oito meses a população catarinense.

No ano passado em Santa Catarina, 43% das perdas comerciais da Celesc ocorreram por ligações clandestinas em áreas não legalizadas. Para tentar coibir esse tipo de irregularidade, equipes da Celesc estão fiscalizando unidades consumidoras em operações em conjunto com as prefeituras, polícia civil e militar do Estado.

Segundo a Celesc, além das perdas comerciais, os furtos prejudicam a qualidade da distribuição, ações desse tipo podem ocasionar choques elétricos, curto circuito e até originar incêndios.

Além disso a potência dos transformadores é calculada de acordo com os consumidores legalmente cadastrados, com outras ligações irregulares, pode ocorrer sobrecarga no sistema e o desligamento em toda área de abrangência.

Denúncias podem ser feitas pela ouvidoria da Celesc de forma gratuita pelo telefone 0800-48-3232 ou pelo Canal de denúncia no site www.celesc.com.br.

comentários