• Esporte 06/12/18 | 13:44:21
  • Atlético-PR segura pressão na Colômbia e comemora empate no jogo de ida
  • Após empate fora de casa, o furacão irá decidir em casa o título
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Rádio Videira/Globo.com
  • Foto: Rádio Videira/Globo.com

O Atlético-PR suportou uma pressão imensa do Junior Barranquilla - tanto dentro quanto fora de campo - e saiu satisfeito com o 1 a 1 na Colômbia. O Furacão correu o risco de levar a virada no segundo tempo, mas a cobrança do pênalti explodiu no travessão.

Em um jogo com o primeiro tempo tranquilo e o segundo cheio de emoção, Junior Barranquilla e Atlético-PR ficaram no 1 a 1, na noite desta quarta-feira, no primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. A partida teve um início forte do time de casa, mas que não resultava em chutes a gol, enquanto o Atlético-PR só conseguia se defender. O vestiário mudou tudo e, no segundo tempo, Pablo fez aos cinco minutos para calar o Metropolitano, que entrou em combustão um minuto depois, quando Yony González empatou. O restante das emoções ficaram guardadas para o pênalti perdido pelo zagueiro Rafael Pérez, que mandou no travessão e as duas defesas de Santos nos últimos minutos, que garantiram o empate e a decisão na Arena da Baixada. Outro empate, e o jogo vai para a prorrogação e, se persistir, a decisão do título
vai para os pênaltis.

A decisão do título da Copa Sul-Americana de 2018 será na quarta-feira que vem, às 21h45, na Arena da Baixada.

comentários