• Educação 16/05/18 | 07:49:36
  • Acadêmicas da Unoesc realizam intercâmbio na Itália
  • As duas alunas pertencem ao curso de Engenharia Sanitária e Ambiental
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Jornalismo Rádio Videira/ Assessoria de Imprensa
  • Foto: Arquivo pessoal/ Divulgação

Há cerca de três meses, as acadêmicas Franciele Serigheli e Jércica Maína Borga, da 9ª fase do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Unoesc Videira, estão realizando intercâmbio na Università degli Studi di Catania na Itália. A oportunidade foi conquistada através do Programa International Students e dos acordos internacionais entre as duas universidades.

Além de estarem aprofundando seus conhecimentos na língua italiana com aulas ofertadas pela Universidade, ambas estão cursando componentes de Hidrologia, Gestão de Recursos Hídricos e Engenharia Sanitária e Ambiental. Franciele ainda participa de um grupo de desenvolvimento de pesquisas na área de tratamento de efluentes em que são utilizadas tecnologias diversificadas e inovadoras.

-A participação nesse grupode pesquisa está tornando possível a realização de uma análise comparativa e troca de informações sobre tecnologias e metodologias de ensino utilizadas pelos dois países- afirma Franciele.

-No meu caso, estou aprimorando conhecimentos na área de recursos hídricos, conhecendo também os tratamentos e tecnologias disponíveis para o tratamento de efluentes e águas utilizados aqui e que podem ser aplicados também no Brasil- complementa Jércica.

Para realizar esse intercâmbio, elas salientam que o apoio, tanto da Unoesc quanto da Università degli Studi di Catania, tem sido bastante importante, sendo que a coordenação do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental auxiliou com toda a burocracia, preparação e pré-embarque, moradia e fornecimento de todas as informações necessárias para a estada. Já a universidade Italiana oferece os componentes relativos à área de formação das estudantes, curso de língua italiana para estrangeiros, e a participação nas pesquisas que estão sendo desenvolvidas, de forma gratuita e com todo o apoio e ajuda necessários.

Para a intercambista Jércica Borga, o aproveitamento está sendo muito grande, tanto pelo conhecimento na área de Engenharia Sanitária e Ambiental, como vivência da cultura italiana.

-O simples fato de estar em contato com um novo idioma, novas pessoas, novos lugares, tecnologias e experiências inovadoras, nos faz crescer, evoluir e perceber que o mundo aqui fora é exuberante, e que todo o conhecimento e novas vivências adquiridas levaremos para as nossas vidas-, ressaltou a estudante Jércica Borga.

Já a acadêmica Franciele Serigheli explica que realização desse intercâmbio é a concretização de um sonho que surgiu ainda durante a coordenação do professor Andrei Goodbach, e estar na Itália é a prova real de que insistir sempre em seus projetos de vida, por mais difíceis que pareçam ser, vale a pena.

- O mundo está cheio de conhecimento para ser absorvido. Me sinto realizada e grata por me permitir vivenciar essa nova experiência. Com muita garra e dedicação estou adquirindo experiência, conhecimento e realização- finalizou a acadêmica.

comentários