• Educação 19/04/17 | 13:22:52
  • Pais de alunos da escola Sede Etelvina reclamam da falta de merendeira
  • Secretário afirmou que problema já esta resolvido
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Rádio Videira
  • Foto: Divulgação/ Ilustrativa

Pais de alunos da escola Polo de Sede Etelvina, reclamam da falta de merendeira na unidade de ensino. Através da rede social, uma mãe que pediu para não ser identificada manteve contato com nossa produção e cobrou medidas da secretaria de educação, relatando que as crianças estariam levando lanche de casa.

A antiga cozinheira se afastou por motivo de gravidez, faz alguns dias e segundo ela o posto estaria vago.Procurado na manhã de hoje (19), o secretário municipal de Educação, Geancarlo Farinon, relatou que o problema já esta resolvido e nos próximos dias um novo profissional assume a função.

"Já é do nosso conhecimento inclusive atendi a comitiva dos pais da escola Sede Etelvina, fazendo as reivindicações, mas quando eles vieram no dia de ontem (18), na secretaria para gente conversar já tava tudo resolvido. Já estamos com a pessoa contratada, a pessoa que vai de iniciar o trabalho lá para cobrir uma licença médica da funcionária que estava. Então já tá tudo tramitando dentro da regularidade", informa Farinon.

De acordo com ele, o que aconteceu foi que nós temos o processo seletivo de auxiliar de serviços gerais da educação, e esse processo seletivo terminou os aprovados e para que a prefeitura pudesse estar contratando, é preciso chamar do processo seletivo vigente da Prefeitura.
"Não podemos chamar esses profissionais sem analise de currículo, então foi homologado o pedido para o RH da prefeitura, eles estavam convidado as pessoas, como é em Sede Etelvina, e cada pessoa que você convida, se ela aceita fica fácil de resolver, porém, se a pessoa não aceita, tem o período da desistência, temos novamente que chamar um novo profissional, e proceder com todos os tramites".

Farinon, explicou que para não deixar o local sem atendimento uma funcionária foi remanejada. "Que está suprindo a demanda desse profissional, até que seja então contratado definitivamente a pessoa que vai trabalhar na escola Sede Etelvina. Então foi regularizado a situação e estamos com esse remanejamento. Ontem (18), foi publicado a contratação, essa semana termina a documentação e na próxima semana temos uma funcionária já atuando".

Ouça a entrevista complete: 

comentários